Ele é das Estrelas

Conheça a história do homem que traz jogadores de futebol para Santa Catarina, nos finais de ano

Aos 31 anos, jovem, visionário, cheio de projetos e sonhos, já é conhecido em Santa Catarina e no mundo do futebol como o Homem das Estrelas. José Pereira já defendeu vários times, como Avaí e Rio Claro, mas não seguiu o futebol profissional e mergulhou em outro nicho de mercado, aproveitando os contatos e conhecimentos adquiridos no meio esportivo.

Em 2009, abriu uma empresa de negócios esportivos na região. Começou organizando torneios de futebol society e no final do mesmo ano, criou o primeiro Jogo das Estrelas SC, com o apoio do jogador Edno, que atuava no Corinthians e do Jogador César Prates, ex- Real Madrid.

A ideia de realizar um Jogo das Estrelas em Santa Catarina foi pura inspiração. Pereira acompanhava os jogos do Zico pela televisão, em que reunia os talentos do futebol em uma partida solidária e influenciado pelo ídolo, desenvolveu o projeto aqui no estado. Dificuldades não faltaram e por vezes pensou em desistir. “No primeiro ano, tivemos situações que faltavam poucos dias para o jogo e os atletas não conseguiam confirmar por causa da agenda e eu ia ficando aflito, porque o evento teria que acontecer. As vezes, eles perdem o vôo, não conseguem chegar a tempo e temos que lidar com esses imprevistos também”, explica o organizador.

Em 2011, conseguiu reunir 4 dos melhores jogadores do país: Diego Tardelli, Paulo Henrique Ganso, Leandro Damião e Neymar. A euforia era geral, os jogadores chegavam de helicóptero para o delírio da torcida que tinha a oportunidade de ver os craques da bola, bem de pertinho.

Os eventos foram crescendo e a influência do Homem das Estrelas também !

Além da carreira profissional, a relação com o futebol é inspirada no pai que era jornalista e o levava ao estádio desde pequeno. “Lembro que em 1995, o Márcio Santos fez um jogo na região, que teve grandes nomes como Ronaldo, Túlio Maravilha… enfim, já vem de berço a paixão pelo futebol”.

Hoje, ele vive em Itajaí, mas divide os dias entre os eixos Rio- São Paulo, além de percorrer várias cidades brasileiras em contatos com os jogadores de futebol da atualidade. Para deixar tudo pronto para o Jogo das Estrelas SC no fim de ano é preciso muito trabalho de janeiro a janeiro. É como o carnaval: termina um e já começa a planejar o outro, mapear nomes, local e fazer contatos com as estrelas da vez. Durante o ano, são realizadas edições dos jogos em cidades catarinenses, como Jaraguá do Sul, Taió, São João Batista e São Joaquim.

Pode-se dizer que na edição desse ano, ele colhe os frutos de um trabalho de credibilidade e respeito. Tem como comandante dos times dois grandes nomes da atualidade: Zé Roberto (Palmeiras) e D’Alessandro (Internacional). Com eles, o Homem das Estrelas traz uma escalação de ponta, com Rodriguinho do Corinthians, Henrique Dourado, Gustavo Scarpa, o ex-capitão da Seleção Brasileira – Lúcio, Tiago Santos, Rodriguinho do Corinthians, Willian Bigode, Tchê Tchê, Grafite, Edno, Gamarra, Tinga, Ronald – filho do Ronaldo Fenômeno, Potker, Denílson, César Prates, Vitor Júnior, o lutador José Aldo, entre outros.

E o que ele pensa do futuro ? “Pretendo fazer um jogo com uma estrela internacional, de alguma seleção. Da mesma forma que muitos diziam que eu não conseguiria seguir com o Jogo das Estrelas, tenho esse sonho e vou realizar esse projeto para que nosso estado seja sede de um dos maiores eventos de jogos festivos do Brasil”, conclui.

Margareth Santos