O primeiro bar GIN de Santa Catarina

Será em Itajaí, na cosmopolita Praia Brava a instalação do primeiro Bar Gin de SC.

Assim como na moda ou na gastronomia, também temos a bebida da vez e a do momento é o GIN…

Jefferson Bernardes, o Maninho, vai inaugurar na última quinta de junho, dia 28, o “Seu Gin Tonic Bar”.

Além dos principais drinks que tem o GIN como protagonista, o espaço terá a gastronomia peruana, em pratos assinados pelo Chef Bruno Faro que criou um menu especial, com mix inspirado no food pairing, para harmonizar com a bebida.
Foto crédito à: Carlos Alberto Alves

Maninho é um novidadeiro da praia Brava, em Itajaí/SC,a onde já iniciou  o Nabrasa e o Habbitat. Desligado dos dois projetos ele abre as portas, no próximo dia 28 de junho,  na Brava, do primeiro Bar Gin de Santa Catarina.

Em qualquer bar descolado você pode ter certeza de que irá encontrar algum cocktail com o queridinho GIN.

Por aqui, o hot spot catarina do momento será o “Seu Gin Tonic Bar”, na Praia Brava, em Itajaí. Em São Paulo é o G&Te nos Estados Unidos, um dos grandes templos da bebida fica em São Francisco, na Califórnia, o Whitechapel, que oferece mais de 600 tipos do destilado.

                  Apesar de ser considerada uma das bebidas destiladas mais antigas fabricadas pelo homem, o GIN reapareceu nos cardápios de drinks de bares e restaurantes de todo o Brasil como a opção favorita para quem quer provar algo clássico, mas diferente.

O que o trás  de volta para as prateleiras de todo o país – e também no mundo – é exatamente a sua sofisticação. Como são saborosos e marcantes, o desafio de se encontrar um bom drink com GIN se tornou tão empolgante quanto tomar uma boa cerveja ou uma taça de vinho especial.

Onde surgiu O GIN

O GIN surgiu na Holanda no Século XVII e foi desenvolvida como alternativa à remédios diuréticos. O ingrediente principal do GIN é o Zimbro, fruta típica de lugares frios e que ajuda no combate a problemas renais.  O primeiro tipo de GIN criado foi a Genebra e na Inglaterra surgiu o mais famoso deles: o London Dry.

            Esta que é uma das mais antigas bebidas e que desde 2010, voltou com força nos balcões do mundo inteiro  é hoje uma das mais consumidas do Brasil, sendo utilizada em coquetéis clássicos ou em bacanérrimas criações.

Informação complementar:

“Os Segredos do GIM”, de José Oswaldo Albano do Amarante,  é a única obra com a história do produto. Livro didático e de leitura aprazível que passa pela história do surgimento da bebida, aborda a legislação brasileira e europeia que regulamentam sua produção, as principais ervas aromáticas utilizadas no preparo, o processo de destilação, os grandes líderes mundiais na fabricação do gin, as principais marcas brasileiras e, claro, os coquetéis mais consumidos – e os mais exóticos. Totalmente ilustrado, traz ainda os melhores bares de gin no Brasil e no mundo.