Frio garante boa safra de vinhos para o próximo ano

Vinícola Pericó, em São Joaquim comemora as baixas temperaturas

A geada na serra, que nesta semana tem apontado temperaturas negativas, traz mais do que belas paisagens pra moradores e visitantes, ela também é um sinal de boa safra para as uvas na Serra Catarinense. E a notícia é muito boa para agricultores e produtores, pois quanto mais frio agora, melhor será a próxima safra. E isso que o frio está apenas começando…

 

Para o CEO da Vinícola Pericó, Diego Censi o frio é excelente para garantir que todas as etapas, até o cultivo sejam cumpridas. Segundo ele explica, após a colheita, que se deu em março e abril deste ano as vinhas começam a secar. “É um processo: as folhas caem e sobram apenas os galhos e é quando a planta entra no que chamamos período de dormência que leva em torno de 90 dias”.

Na região, outras plantas também passam pelo mesmo processo, como a maçã e a pera, que precisam desse descanso para que a próxima safra dê bons frutos.

Conforme Diego Censi, o mês de junho é o período da poda, onde todos os galhos serão cortados, sobrando apenas o caule principal, ou cepa. Depois disso é aguardado o período de brotação, que geralmente começa em agosto, dando início a novos galhos, brotos e posteriormente frutos, que serão colhidos em março do ano que vem.

  

A Vinícola Pericó está localizada em São Joaquim e é reconhecida pela qualidade de seus vinhos e espumantes.

   

Saiba mais em @pericovinhos

Fotos: Kako Waldrich

 Geada na manhã desta terça-feria (25) na Vinícola Pericó