Como funciona o cuidado da pele com vitiligo

Participação da sister Natália no BBB22 levantou a procura sobre o tema

O vitiligo é uma doença muito mais comum do que se pode imaginar, mas nem sempre é possível prever o diagnóstico. Recentemente, essa pauta passou a ter muita procura devido a participante Natália, do BBB22, falar abertamente sobre a doença e derrubar os tabus que tomavam conta do assunto anos atrás.

O vitiligo não é contagioso e o principal sintoma é o aparecimento de manchas brancas causadas pela perda da pigmentação natural da pele. Isso ocorre, porque o próprio organismo acaba com as células que produzem a melanina, encarregada pela cor do corpo e proteção contra radiação UV. Por isso, a pele acaba ficando mais desprotegida e sensível, e pede por cuidados cotidianos e exclusivos.

“Sem o uso do protetor solar, a área branca tende a ficar mais vermelha e com indícios de ardência, pois recebe muito mais radiação UV na região desprotegida, podendo desencadear complicação mais grave como câncer de pele”, explica a esteticista dermaticista, Patrícia Elias. “A melhor recomendação é usar filtro solar todos os dias, até mesmo durante os climas nublados e com chuva. O fator dos protetores deve ser sempre maior que 50 com aplicação a cada 2 horas”.

Segundo a esteticista, a textura do protetor solar pode ser variada entre creme, gel ou toque seco. Esse detalhe varia de acordo com o tipo de pele de cada pessoa. A recomendação também se destaca para o uso de protetores com cor, que possuem uma camada de proteção mais ampla.

Patrícia também destaca que os cremes hidratantes com antioxidantes são grandes aliados de quem possui vitiligo, especialmente durante o inverno. “Manter uma hidratação reforçada é essencial na época mais fria do ano, uma vez que a pele ressecada é mais propensa a alergia e infecções”, aponta a especialista. “No rosto, a escolha do tipo de creme não interfere na doença, então o ideal é procurar por produtos que se adequam a cada tipo de pele: oleosa, mista ou seca”, finaliza.

Patrícia alerta que, para montar uma rotina de skincare, o ideal é procurar um bom profissional da área da estética.

 

Patrícia Elias: Sócia Fundadora da Clínica e da Loja Patrícia Elias Estética & Saúde. Pós-Graduada em Dermaticista pela Faculdade IBECO, Bacharel em Estética e Cosmetologia na Universidade Anhembi Morumbi.
Dermaticista na Clínica Patrícia Elias. Especialista em Tratamento de Hipercromias, Flacidez Cutânea, Saúde da Pele entre outros, com dezenas de cursos de especialização. YouTuber com o maior canal de Estética e Beleza da Pele do YouTube Mundial, com mais de 6 milhões de inscritos.

Foto – Reprodução | Rede Globo