Arte por meio de vivências com povos indígenas será destaque no 22º Intercom Sul

Duas décadas de experiências fotográficas acumuladas com diversos povos indígenas resumem o trabalho do paulista e renomado artista brasileiro Rodrigo Petrella. As fotos estarão expostas de 16 a 18 de junho, pela primeira vez no evento que ocorre no Campus da Univali em Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

A imersão no ecossistema amazônico e as vivências com povos indígenas que ultrapassam 20 anos de experiências com arte fotográfica resumem o trabalho do paulista Rodrigo Petrella, que terá uma pequena mostra com cerca de 20 fotos de sua autoria expostas pela primeira vez na 22ª edição do Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul (Intercom Sul). A exposição fotográfica “Os Olhos da Floresta”, montada pela primeira vez no Sesc São Paulo é a quarta colaboração do artista com o projeto Amazônia Mundi. A primeira colaboração foi na mostra individual “Guardians of the Forest” realizada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e depois em Pequim, na China.

A exposição estará aberta de 16 a 18 de junho, na Univali Campus Balneário Camboriú, em Santa Catarina é um oferecimento da incorporadora Amazon Parques & Resorts, responsável pelo empreendimento imobiliário multipropriedade homônimo, que será construído em Penha, SC.

“A mostra de Rodrigo Petrella é muito atual, embora seja uma pesquisa realizada em 2012. Está alinhada com o tema do Congresso que é relativo à “desinformação”. Quando falamos da cultura indígena, realmente a maioria da sociedade é desinformada e não sabe muito bem por onde buscar dados. Eu recomendo sempre a leitura e escuta dos próprios indígenas, a começar por Ailton Krenak que, embora não seja da Amazônia, é um indígena e acadêmico. Depois, sugiro leituras como o livro “A queda do céu” de Davi Yanomami”, comenta Anna Agazzi Migotto, curadora da mostra Amazônia Mundi que se firma como atração permanente em Balneário Camboriú.

O apoio da Amazon para esta iniciativa na Intercom representa a intenção da Amazon de se aproximar dos acadêmicos que cada vez mais se conscientizam da prática da sustentabilidade, que é essencialmente interdisciplinar. “Um exemplo é a arquitetura biofílica, método adotado em diferentes partes do mundo e que tem ganhado força em construções no Brasil, como o Amazon Parques & Resorts que traremos para a cidade de Penha”, comenta Márcio Piccoli, diretor de operações da incorporadora Amazon Parques & Resorts. Segundo ele, o empreendimento lançado este ano trabalhará a arquitetura biofílica unida à temática amazônica, e trará ao público, por exemplo, restaurantes com pratos diferenciados e ingredientes vindos diretamente de produtores da Amazônia, além de terapias com sementes indígenas e outras atrações focadas no bioma.

No evento Intercom Sul, estão inscritos mais de 1000 trabalhos de profissionais e estudantes de comunicação de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul para debater o tema “Ciências da Comunicação contra a Desinformação”. A programação tem ainda experiências em realidades aumentada e virtual, comunicação não violenta, direção de arte, marketing terapia, tipografia, redes sociais, entre outras. O Intercom é promovido em todas as regiões do país pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.

Pré-lançamento do Prêmio Amazônia Criativa
Além da exposição, durante o evento será feito o pré-lançamento do Prêmio Amazônia Criativa, que consiste em incentivar ideias e projetos de economia criativa que poderão vir a ser implementados no empreendimento Amazon Parques & Resorts. Ao todo, o prêmio engloba quatro categorias: brinquedos e mobiliários temáticos, desenvolvimento de jogos, arte em personagens e pequenas soluções tecnológicas e sustentáveis. Em cada uma delas, a inovação e a criatividade são o caminho para elaborar um projeto de destaque. O regulamento está sendo finalizado em cooperação com várias instituições acadêmicas e o Instituto Amazone, que prevê seu lançamento em outubro deste ano.

Sobre a Exposição Amazônia Mundi
Sementes de diversas iguarias ligadas à Amazônia, como cuiarana, olho-de-boi, castanha-do-Brasil, tento vermelho e caroços de tucumã e açaí estão à mostra na exposição Amazônia Mundi, podendo ser manuseados pelos visitantes também durante o feriado de Carnaval. A mostra traz espaços onde é possível sentir a textura da onça-parda (sussuarana), papagaio anacã, iguana e boto-cor-de-rosa, além de artesanatos como: colares, brincos e pulseiras feitos com matérias-primas encontradas no Norte do país.

Os ingressos podem ser obtidos no valor de R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), para estudantes e crianças até 12 anos, sendo que nas segundas-feiras a visitação é gratuita, mediante agendamento pelo link www.penha.amazonfunparks.com

Sobre a Amazon Parques & Resorts
Fundada em 2020, a Amazon Parques & Resorts tem como meta a implementação de empreendimentos imobiliários desenhados para o entretenimento, bem-estar e hotelaria alinhados às novas práticas do mundo contemporâneo consciente. Atua com a comercialização imobiliária e de multipropriedade com conceito de parque temático e arquitetura sustentável, proporcionando entretenimento de qualidade, alinhado as práticas contemporâneas de economia e fortalecendo uma rede de iniciativas de comunidades na Amazônia.

https://amazonfunparks.com/ | https://www.penha.amazonfunparks.com/

Créditos: Rodrigo Petrella